<BODY>

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Tenha coragem de mergulhar dentro de si e verificar quão forte você é!

OLÁ MENINAS LINDINHAS DO MEU CORAÇÃO.

Eu tenho sorte com vocês minhas amiguinhas de blog. Graças a Deus, quem me deixa recados, deixa pra me ajudar, mesmo porque eu também faço isso nos outros blogs, com as amigas de emagrecimento.

Quando abri esse blog, foi pra ajudar as outras meninas, sabiam? Eu não tinha a mínima noção de que também seria ajudada e como.

Recebi o recado da Sofia que muito me fez pensar. Ela tem razão em partes, mas só quem já foi gorda sabe a péssima situação que é isso. Sei lá, tem gente que não liga, mas eu ligo muuiittoooo. E quando era beeemmmm gorda – já cheguei a pesar 75 kgs, 80kgs o máximo 85kgs – e a usar roupas de número 48. Isso não é ser gorda?

Sei que agora já emagreci e não uso mais esse número grande de roupa, mas ainda não consigo me enxergar magra. Quer dizer, tipo 1 vez por semana eu me sinto magra e daí todos os olhares se voltam pra mim, pois estou confiante. Mas nos outros dias me sinto a gorda que não consegue emagrecer.

Quando fui na nutri em 2003 eu era uns 50% mais neurótica que agora, vocês tem noção de como eu era? Afffeeeee....eu ia comprar roupa e a vendedora é que me falava que eu ia provar P ou no máximo M, pois eu pedia G. Elas me olhavam de cima embaixo e não acreditavam que eu estava pedindo aquele tamanho. Infelizmente (mas a gente aprende com tudo nessa vida, eu pelo menos tiro lição até de um filme que eu assisto, ou uma roda de conversas, presto muita atenção às coisas à minha volta), eu tomava muuiittoo remédio de regime e só ia aumentando a dose. Nessa época eu ia no endócrino e na nutri. Ela falou, falou mil vezes pra eu não tomar remédio, mas eu cabeça dura era muito dependente deles, como se fosse drogada mesmo. Não esquecia de tomar nem um dia. Lembro que ela insistiu e muito pra eu ir fazer terapia, que ela me levava lá na sala da psicóloga e eu não quis ir nem amarrada. Talvez se tivesse ido, teria melhorado essa minha neura, mas eu não fui, achando que sabia tudo sobre emagrecimento.

Naquela época (2003) eu pesava de 55 a 59 kgs. Fui pro Spa Sorocaba, pra emagrecer mais. Eu juro, eu era a mais magra de lá, mas claro que eu não sentia isso. Me esfalfava de tanto malhar. As pessoas simplesmente não me reconheciam na rua do tanto que eu tinha emagrecido e mudado a fisionomia, nem as minha amigas que não me viam há alguns meses, acreditam?

Maaassss me entupindo de remédios vocês já sabem do final, engordei 14 kgs e são esses que venho emagrecendo e engordando ao longo de 4 anos.

Só ano passado é que resolvi emagrecer sem remédio. Eu não sabia que era tão difícil e demorado. Mas como sempre lia revistas de dieta e via os lindos exemplos, foi na revista Corpo a Corpo que vi a reportagem da Larissa (www.meuemagrecimento.blogger.com.br) e pude constatar que era realidade emagrecer sem remédios.

No início do meu blog (eu tinha outro antes desse) em maio/2006 eu chorava tanto nos primeiros meses, porque eu não via resultados rápidos e sabemos que todo gordinho é ansioso por natureza. E que antes desse período, não muda muita coisa mesmo, nem em relação à dieta e nem em relação aos exercícios. Pois nosso organismo não é a jato, ele tem um tempo pra se adaptar à mudança de hábitos.

Por isso digo com experiência própria que determinação e muita força de vontade é que nos faz vencer a obesidade. Sem isso, pode esquecer. Ninguém fará dieta e exercícios por nós. Nem família e nem médicos.

Gente de Deus, agora deixa eu contar uma coisa, terça de manhã acordei passando mal e muito mal. Credo! Peguei uma virose e fiquei de cama terça o dia todinho. Ai, como é ruim, né? Passei mal do estômago e do intestino. Já sabem, né? Fui ao banheiro umas 20 xs na terça, inclusive a madrugada toda. Tive febre de 39 °, eu sentia um friiooo, que tive que colocar meia, calça e blusa de moletom, bem nesse calor horrível que está fazendo aqui. Aí depois eu começava a suar! E aí colocava uma roupa mais fresca. Não, credo, que sensação horrorosa. Eu quase nunca fico gripada, nem tenho dor de garganta, e então isso me derrubou. Fiquei molinhaaaaaa.

Quase não comi na terça e hoje já melhorei um pouco. Ainda estou molinha e com a cabeça pesada, doendo. Ufa! Estou tomando remédios e muito soro. Portanto ficarei em casa, pois nesse meu estado não dá pra sair não.


É isso Lindinhas, aos poucos vou visitando vocês, tá? Obrigada pelos recadinhos lindinhos.

DEVAGAR E SEMPRE!

:: Por: Andreia às 11:18 AM::
[ haloscan:  ]
[ 3 Comentários: deixe seu comentário ]